3 drinks com saquê para você curtir o verão

O saquê é uma bebida fermentada muito comum no Japão. Geralmente, é consumido gelado em grandes celebrações.

Essa deliciosa bebida é proveniente da fermentação do arroz e pode render drinks especiais. Quer aprender como fazer? Então, fica ligado nas receitinhas que separamos para você.

Jun Daiti Martíni

  • 30ml de saquê
  • 25ml de vodka
  • 10ml de licor de melancia
  • Gelo

Modo de preparo: em uma coqueteleira, adicione cubos de gelo e mexa até que resfrie, dispense o excesso de água e acrescente 30ml de saquê, 25ml de vodka e 10ml de licor de melancia. Mexa até que o coquetel fique bem gelado e coe em uma taça martíni previamente resfriada. Finalize com casca de limão siciliano.

Caipisaquê de kiwi

  • 50ml de saquê
  • 1 1/2 kiwi em cubos
  • 1 colher rasa de sopa de açúcar
  • Gelo

Modo de Preparo

  1. No copo, macere levemente a fruta com o açúcar.
  2. Coloque o gelo picado, acrescente saquê e misture.

Saquerinha de uva com hortelã

  • 5 uvas verdes sem semente cortadas ao meio
  • 5 uvas roxas sem semente cortadas ao meio
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 rodela de gengibre ralado
  • 1 limão espremido
  • 4 pedras de Gelo
  • 10 folhas de hortelã
  • 2 doses de saquê
  • Meia dose de chá gelado de cranberry

Modo de preparo

1. Em uma coqueteleira macere as uvas e o hortelã junto com o mel.

2. Utilizando uma peneira, esprema o limão e pressione o gengibre até sair o suco.

3. Acrescente o sakê e meia dose do chá de gelo.

4. Por último, adicione o gelo e despeje o conteúdo em um copo. Você pode decorar com uvas, se preferir.

Fonte: M de Mulher

 

Gastronomia é arte e inspiração

Certamente, você já ouviu a expressão ” nós comemos com os olhos” e é a mais pura verdade. Antes de decidir se vamos comer ou não um determinado prato, nós o julgamos por sua aparência.

Apesar do sabor ser parte essencial na gastronomia, o visual é o primeiro contato que o cliente tem com a comida. Portanto, nesse momento, é fundamental que o prato desperte a curiosidade e o desejo do consumidor.

É válido pensar na gastronomia como uma arte na qual o prato é uma tela em branco a ser “desenhada” pelo Chef de Cozinha.

A escolha da louça é fundamental no momento da montagem do prato, tendo em vista que a mesma não deve roubar a atenção e sim ressaltar os alimentos. Além disso, pensar na combinação de cores dos insumos é essencial para transmitir equilíbrio e despertar o paladar.

Outro fator importante é pensar, previamente, na montagem antes de começar a confeccionar o prato, levando em conta, é claro, a combinação de sabores e texturas. Afinal, o sabor é sempre o principal diferencial que um bom Chef pode oferecer para o seu cliente.

E aí, gostou dessa matéria? Conta pra gente o que você gostaria de ver aqui no nosso blog. Até a próxima!

 

Coquetéis com espumantes para brindar ao Ano Novo

Google Imagens

O ano novo sempre nos deixa com aquele friozinho na barriga e uma certa curiosidade para saber como será o próximo ano, não é mesmo?

Apesar de nem todos concordarem que branco é a melhor cor de roupa para utilizar nesse dia,  todos concordam que essa data especial não pode passar em branco. E por isso nós trouxemos algumas novidades para deixar a sua virada de ano ainda mais gostosa.

Que tal sair do básico e começar o ano com muita inovação? Esqueça aquele brinde tradicional com uma simples taça de champagne. Vamos te ensinar a usar essa bebida para preparar drinks super especiais. Confere aí!

Google Imagens

1- BIG APPLE

Ingredientes
1 colher (sobremesa) de açúcar ou adoçante
1 colher (café) de canela em pó
1 fatia fina de maçã verde em meia-lua
90 ml de espumante brut

Modo de fazer
Numa tigela, misture bem o açúcar e a canela em pó. Envolva a lâmina da maçã com a mistura, formando uma crosta. Reserve. Em uma taça flûte ou tulipa, despeje o espumante. Junte a maçã em crosta e sirva.

2- BERRY BUBBLES

Ingredientes
6 fatias finas de morango fresco
10 ml de licor de framboesa
10 ml de licor de amora
75 ml de espumante BRUT em uma taça flûte ou tulipa

Modo de fazer
Junte as lâminas de morango e os licores. Complete com o espumante e sirva.

3– FRISCO

Ingredientes
10 ml de xarope de hortelã
75 ml de espumante BRUT
1 folha de hortelã para decorar

Modo de fazer
Em uma taça, despeje o xarope e complete com o espumante. Decore a borda da taça com a hortelã e sirva.

E aí, aprovado? Um brinde a todas as realizações que estão por vir e um Feliz Ano Novo para todos vocês.

Fonte: Vila Vinífera

Meu amigo secreto é um vinho

Google Imagens

Meu amigo secreto harmoniza muito bem com pratos  mais leves e caracteriza-se por sua suavidade e frescor. Sua produção ocorre através da mistura de uvas brancas e tintas.

E aí, já sabe de quem estamos falando? Se sua resposta foi vinho rosé, você acertou!

Google Imagens

Os vinhos rosés costumam ser consumidos em sua juventude enquanto a acidez é mais marcante, principalmente nos vinhos mais secos. Sua belíssima cor rosada é proveniente das cascas das uvas tintas, durante o processo de fermentação. A cor do vinho rosé pode variar de acordo com a uva utilizada em sua produção.

A temperatura ideal para servir esse tipo de vinho é entre 8 a 10ºC, para os mais leves, e 10 a 12ºC para os mais encorpados.

Google Imagens

A taça adequada para vinhos rosés se assemelha as taças para servir vinhos brancos, porém seu bojo é levemente mais largo com uma forma que remete a um diamante. Este modelo de taça é indicado por revelar os aromas específicos dos vinhos rosés. O formato também contribui para manter a frescura da bebida por mais tempo.

Após aberto, não é recomendado guardar o vinho na geladeira por mais de três dias. Esse tempo pode variar de acordo com a acidez do vinho. Mas, sinceramente, duvido que vai sobrar vinho para você guardar, não é?

Gostou das curiosidades? Então, um brinde ao meu amigo secreto, que é pra lá de especial.

Google Imagens

 

Aprenda a fazer brigadeiros ainda mais gostosos II

Promessa é dívida! Voltamos para trazer as outras duas receitas de brigadeiro gourmet que prometemos, no começo da semana, lembra? Pronto para ficar com água na boca? Então, vem confere aí!

Brigadeiro Gourmet de Leite Ninho

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado
  • 4 colheres de sopa de leite ninho
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal
  • 200g de leite ninho para decorar

Como Preparar:

  1. Coloque todos os ingredientes em uma panela (adicione aos poucos o leite ninho para não empelotar).
  2. Cozinhe em fogo médio (mexendo sempre) estará pronto quando puder ver o fundo da panela.
  3. Retire do fogo e coloque em uma travessa.
  4. Coloque na geladeira (até estar frio o suficiente para poder enrolar).
  5. Enrole a mistura em bolinhas pequenas (coloque um pouco de manteiga na mão para ajudar).
  6. Passe no leite ninho.

Brigadeiro Gourmet de Maracujá

Ingredientes

  • 150 ml suco de maracujá
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal
  • 1 lata de leite condensado
  • 200g de chocolate branco bem triturado para decorar

Como Preparar:

  1. Coloque todos os ingredientes (menos o suco de maracujá) em uma panela
  2. Cozinhe em fogo médio (mexendo sempre) estará pronto quando puder ver o fundo da panela.
  3. Retire do fogo, adicione o suco de maracujá, misture bem e coloque em uma travessa.
  4. Coloque na Geladeira (até estar frio o suficiente para poder enrolar).
  5. Enrole a mistura em bolinhas pequenas. (Coloque um pouco de manteiga na mão para ajudar)
  6. Passe nas raspas de chocolate.

Chegamos ao fim da nossa série de receitinhas de brigadeiros gourmet. Agora só falta você descobrir qual o seu sabor preferido. E aí, gostou das receitas?

Fonte: Receitas de Blog

Aprenda a fazer brigadeiros ainda mais gostosos

Sabe aquele docinho que todo mundo adora e não pode faltar em festas? Aposto que você já foi lendo e imaginando o sabor daquele delicioso brigadeiro. Essa tradicional receita faz muito sucesso em diversas celebrações e é muito fácil de ser preparada em casa.

Mas que tal inovar um pouquinho e deixar esses docinhos ainda mais gostosos? Essa semana, separamos quatro ideias incríveis para você  preparar o seu próprio brigadeiro gourmet. Confira!

Brigadeiro Gourmet com Recheio de Morango

Ingredientes

  • 1 caixa de morangos
  • 3 colheres de sopa de cacau em pó
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal
  • 1 lata de leite condensado
  • 200g de raspas de chocolate para decorar

Como Preparar:

  1. Lave os morangos e seque-os muito bem de 1 em 1 (não retire os cabinhos).
  2. Coloque todos os ingredientes (menos os morangos) em uma panela.
  3. Cozinhe em fogo médio (mexendo sempre) estará pronto quando puder ver o fundo da panela.
  4. Retire do fogo e coloque em uma travessa até esfriar. Se preferir, pode deixar na geladeira até estar frio o suficiente para manusear.
  5. Enrole a massa em bolinhas de acordo com o tamanho dos morangos (Coloque um pouco de manteiga nas mãos para ajudar)
  6. Segure os morangos pelos “cabinhos” e vá moldando as bolinhas de brigadeiro em volta do morango (como se estivesse cobrindo ele com essa massa de chocolate), começando pela ponta contrária ao cabinho verde.
  7. Ainda segurando nos “cabinhos” mergulhe o brigadeiro em um prato fundo com o confeito.

    Brigadeiro Gourmet de Limão

Ingredientes

  • 50g de chocolate branco (picado)
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal
  • 1 lata de leite condensado
  • Suco de 2 limões siciliano
  • 200g de raspas de chocolate branco para decorar

Como Preparar:

  1. Coloque todos os ingredientes (menos o suco dos limões e raspas para decorar) em uma panela
  2. Cozinhe em fogo médio (mexendo sempre) estará pronto quando puder ver o fundo da panela.
  3. Retire do fogo, adicione o suco dos 2 limões, misture e coloque em uma travessa.
  4. Coloque na geladeira (até estar frio o suficiente para poder enrolar).
  5. Enrole a mistura em bolinhas pequenas (coloque um pouco de manteiga na mão para ajudar).
  6. Passe nas raspas de chocolate branco.

Ficou faltando alguma coisa? Calma, nós não esquecemos! Prometemos quatro receitinhas, e vamos cumprir! Fique ligado no nosso blog, que as outras duas receitas de brigadeiro gourmet também são deliciosas e estarão disponíveis até o final dessa semana. Enquanto isso, que tal testar essas receitas na sua cozinha?

Fonte: Receitas de Blog

 

1º Aniversário do Udon Belvedere

É dia de soprar as velinhas! O Udon Belvedere acaba de completar um ano e já é considerado um dos restaurantes orientais mais badalados de Belo Horizonte.

Essa comemoração não seria possível sem a confiança e o apoio dos nossos clientes. E para celebrar o nosso primeiro aniversário o Chef Marcelo San preparou um menu, exclusivo, com combinações inusitadas e deliciosas. Confira, em primeira mão, os pratos do menu especial.

Hotate Maguro: fatias de atum recheadas com vieiras seladas sobre molho ponzu, sunomono e alga hijiki.

Mero Sakaná: merluza negra marinada no molho missô e assada.

Shimori Carpaccio: lâminas de peixe branco com molho de shoyu, limão e manteiga servido com brotos e ovas de massago Black.

Truffle Egg Moule et Furai: ovo em baixa temperatura empanado e frito com molho de cogumelos, mousseline de cará e salsa trufada.

Tuna Hotate Avocado: torre de atum, avocado e vieira com brotos e molho especial.

Cannoncini Trufado com Coulis de Framboesa: tuile de amêndoas com creme trufado, sorvete de creme e coulis de framboesa.

E aí, aprovou os pratos do menu especial de aniversário do Udon Belvedere? As opções ficarão disponíveis até o dia 29 de Novembro. Agora, só falta você para nossa festa ficar completa!

Endereço: Estrada P/ Nova Lima, 403, Belvedere – BH/MG. Reservas pelo número 31 3324-0052.

Entenda o que é o corpo do vinho

Bom, que tomar vinho é uma delícia nós já sabemos, né?! Mas você sabe o que significa a expressão “corpo do vinho”?

O corpo do vinho pode ser definido como o peso geral que o vinho faz em nossa boca. Os principais fatores que fazem com que um vinho seja mais encorpado do que o outro são: concentração das uvas, níveis de álcool, quantidade de açúcar, passagem por barris de carvalho, etc.

Os vinhos se dividem em três categorias, quanto ao seu corpo, e é bem fácil identificá-las. Vamos lá?

Vinhos de Corpo Leve

São mais refrescantes e considerados fáceis de beber. Quando acompanhados por refeições, as mais indicadas são: entradas, petiscos e pratos leves.

Vinhos de corpo leve incluem os espumantes e frisantes, a maioria dos vinhos brancos e rosés.

Vinhos de Corpo Médio

São mais ricos e concentrados. Podem adquirir médio corpo com o estágio em barris de carvalho.

Vinhos de corpo médio incluem: Chianti, Merlot, Malbec jovem, Bordeaux jovem, etc.

Vinhos Encorpados

São vinhos robustos e pesados. Geralmente, apreciados em companhia de refeições igualmente robustas.

Vinhos encorpados incluem: Vinhos licorosos e fortificados, Malbec com madeira, Chardonnay com madeira, Grandes Bordeaux, Tannat, Syrah, Cabernet Sauvignon, etc.

E aí, deu pra pegar as dicas? Agora, basta você decidir qual o seu tipo preferido e apreciar, com moderação.

Fonte: Vida e Vinho

Ervas frescas ou secas? Quem vence a disputa?

Quem nunca sentiu aquela fome enquanto sentia o cheiro de uma deliciosa comida sendo preparada? Os aromas aguçam o nosso paladar e as ervas são muito utilizadas como temperos no preparo de diversos pratos, pois além de super aromáticas, proporcionam maior sabor aos alimentos.

Algumas pessoas conseguem até mesmo reduzir a quantidade de sal em suas refeições utilizando as ervas como alternativa. Porque, dessa forma os pratos ficam mais saudáveis, entretanto continuam bastante saborosos.

Você sabe qual a melhor forma de utilizar ervas frescas e secas? Então confira as dicas que selecionamos para você.

COMO UTILIZAR AS ERVAS DESIDRATADAS?

Se a erva for desidratada, não espere até o final do cozimento para adicioná-la. A erva seca precisa de mais tempo para liberar seus aromas e se misturar aos sabores do prato.

As ervas que melhor retém o aroma são aquelas em formato de arbustos, como o orégano, o tomilho e o alecrim. Ervas mais tenras, como o manjericão e a cebolinha, perdem muito do seu aroma, e por isso são melhores quando usadas frescas.

Se você for substituir a erva fresca pela seca, lembre-se que a seca tem sabores mais concentrados e por isso você precisará de uma porção menor. Use cerca de 2/3 do que você utilizaria se fosse uma erva fresca.

COMO UTILIZAR AS ERVAS FRESCAS?

A erva fresca deve ser adicionada ao final do cozimento ou com o prato pronto. O manjericão, por exemplo, deve ser adicionado à pizza depois que ela sair do forno. Já o tomilho fresco deve ser adicionado à sopa momentos antes de finalizar o cozimento.

Ervas frescas são muito indicadas para pratos que não vão ao fogo ou que terão muito pouco tempo de cozimento, como saladas e em alguns molhos.

Você também pode misturar as ervas desidratadas com as frescas. Coloque um pouco de ervas secas no início do cozimento para que os sabores se misturem e um pouco de ervas frescas ao final para realçar o sabor.

E aí, podemos considerar um empate, nessa disputa? Coloque em prática as nossas dicas e descubra o que mais agrada o seu paladar.

Fonte: Cozinha Técnica

 

1º Wine Fest Rede Gourmet

Se você é apaixonado por vinhos, temos uma dica imperdível que vai te deixar super animado. A Rede Gourmet tem o prazer de apresentar o Wine Fest.

Em sua 1ª edição, o festival de vinhos da Rede Gourmet irá disponibilizar mais de 100 rótulos de vinhos para degustação, incluindo os nacionais.  A degustação será orientada por Arilton Soares, sommelier da Rede.

Além disso, teremos o open food com as gastronomias dos restaurantes que compõem a Rede Gourmet: Udon Culinária Japonesa, Restaurante Santafé e Pizzaria Olegário. E não para por aí. Para deixar a noite ainda mais animada, contaremos com a presença especial do DJ Leandro Rallo.

O evento será realizado no dia 25 de Outubro de 2017 a partir das 18 horas, na Olegário Jardins: Avenida Prudente de Morais, 520 – Cidade Jardim. Os ingressos para o Wine Fest já estão à venda e além da degustação de vinhos e o open food, adquirindo seu ingresso, você também ganhará uma taça exclusiva do evento.

E aí, já confirmou sua presença no Wine Fest Rede Gourmet? Não corra o risco de ficar de fora. Acesse o site do Sympla e adquira já o seu ingresso. Evento sujeito a lotação.