1º Aniversário do Udon Belvedere

É dia de soprar as velinhas! O Udon Belvedere acaba de completar um ano e já é considerado um dos restaurantes orientais mais badalados de Belo Horizonte.

Essa comemoração não seria possível sem a confiança e o apoio dos nossos clientes. E para celebrar o nosso primeiro aniversário o Chef Marcelo San preparou um menu, exclusivo, com combinações inusitadas e deliciosas. Confira, em primeira mão, os pratos do menu especial.

Hotate Maguro: fatias de atum recheadas com vieiras seladas sobre molho ponzu, sunomono e alga hijiki.

Mero Sakaná: merluza negra marinada no molho missô e assada.

Shimori Carpaccio: lâminas de peixe branco com molho de shoyu, limão e manteiga servido com brotos e ovas de massago Black.

Truffle Egg Moule et Furai: ovo em baixa temperatura empanado e frito com molho de cogumelos, mousseline de cará e salsa trufada.

Tuna Hotate Avocado: torre de atum, avocado e vieira com brotos e molho especial.

Cannoncini Trufado com Coulis de Framboesa: tuile de amêndoas com creme trufado, sorvete de creme e coulis de framboesa.

E aí, aprovou os pratos do menu especial de aniversário do Udon Belvedere? As opções ficarão disponíveis até o dia 29 de Novembro. Agora, só falta você para nossa festa ficar completa!

Endereço: Estrada P/ Nova Lima, 403, Belvedere – BH/MG. Reservas pelo número 31 3324-0052.

Harmonização entre massas e vinhos

Eis o par perfeito

Na Itália, país onde o macarrão é tão popular quanto o Papa, a bebida mais consumida não é por acaso o vinho. Esses dois elementos se complementam formando uma das harmonizações mais executadas do mundo. Porém, é preciso observar o molho que acompanha a massa para que a combinação seja perfeita.

Os próprios italianos afirmam que não existe uma regra para esse tipo de harmonização. Porém, a experiência fica muito mais prazerosa se pratos com molhos à base de carne ou tomate forem acompanhados de tintos e os elaborados com queijos ou frutos do mar forem tomados com brancos.

“O mais importante é que esses vinhos sejam leves, tenham boa acidez e não muito álcool”, esclarece Marcello lo Mônaco, italiano da Sicília e proprietário da importadora de vinhos Trinacria.

Os molhos mais comuns para o macarrão são os à base de tomate. Nesse caso, os vinhos para acompanhar pedem acidez pronunciada. Tintos como os da região de Chianti normalmente fazem bonito. Mas como o prato é simples e versátil, também aceita outras opções, como tintos feitos com a uva Merlot ou ainda rosés um pouco mais encorpados, tais quais os argentinos ou brasileiros.

Os amantes de uma boa macarronada normalmente não dispensam um molho à bolonhesa. Feito à base de carne moída, fica perfeito com a massa do tipo fettuccine ou tagliatelle. Mas pode se tornar melhor ainda se acompanhado de um tinto elaborado com a variedade Cabernet Sauvignon. Esses vinhos têm acidez presente e são encorpados o suficiente para fazer um bom casamento com o prato.

BRANCOS – Para as massas com molhos cremosos ou de queijos, a dica é experimentar com um branco, que pode ser da uva Chardonnay. Mas tintos delicados como Pinot Noir ou ainda o francês Beaujolais também são bem aceitos.

Embora menos consumidas no Brasil, as massas com frutos do mar e peixes também seguem a mesma filosofia de harmonização dos outros pratos feitos com esses ingredientes: vinhos brancos e rosés para acompanhar.

Um prato simples como o macarrão al pesto, que tem manjericão e queijo parmesão como ingredientes principais, vai muito bem com os brancos feitos com a uva Sauvignon Blanc ou Torrontés.

“Evite os vinhos pesados, caros e complexos”, finaliza Marcello lo Monaco, que no dia a dia prefere tintos feitos com as uvas Sangiovese e Montepulciano para acompanhar a sua sagrada macarronada.

GUIA RÁPIDO DE HARMONIZAÇÃO:

Uma dica para tornar a sua harmonização mais agradável é observar o molho que acompanha a massa:

TOMATE – Tintos leves e com boa acidez (Chianti, Merlot) e rosés em geral.
CARNE – Tintos um pouco mais encorpados (Cabernet Sauvignon).
QUEIJO – Brancos mais encorpados (Chardonnay) ou tintos delicados (Pinot Noir, Beaujolais).
FRUTOS DO MAR – Brancos e rosés em geral.
AL PESTO – Brancos leves e frescos (Sauvignon Blanc, Torrontés).