Rede Gourmet destaque na revista Encontro

revista encontro blog

Entretenimento

Agilberto Martins da Costa
Nasceu em Belo Horizonte
54 anos, casado, 1 filho e 1 enteado
Formado em engenharia Civil pela Fume. Sócio-fundador da Rede Gourmet

Pedro Martins da Costa
Nasceu em Belo Horizonte
51 anos, casado, 2 filhos
Formado em ciências contábeis pela PUC Minas. Sócio-fundador da Rede Gourmet

Entre os muitos hobbies que o empresário Pedro Martins da Costa tem, está o de reunir os amigos em sua casa de campo, em Nova Lima, e preparar uma bacalhoada. Hábito similar ao do irmão Agilberto Martins da Costa, cuja especialidade é moqueca. Porém, os dois assumem: os dotes culinários param por aí. Quer dizer, isso se não for levado em conta o talento para gerenciar negócios gastronômicos. Aí, não falta expertise. Eles comandam a Rede Gourmet, grupo fundado em 1991 que reúne os premiados restaurantes Santafé, Udon e Olegário Pizza e Forneria.

Em 2016, quando muitos do setor de alimentação fecharam as portas, os dois avançaram. Em abril, inauguraram uma central de molhos, passo para garantir a padronização e qualidade das receitas servidas. A cozinha segue a ficha técnica, depois refrigera e distribui os produtos em saquinhos. Por mês, são ensacadas 11 mil porções de molhos, que têm entre 50 ml e 1 l. Os menores vão para pratos à la carte, enquanto os maiores são usados na produção de pizzas, por exemplo.

Pouco tempo depois, em novembro, foi a vez de chegarem ao bairro Belvedere, com a abertura da segunda unidade do restaurante japonês Udon, agora no Ceaser Bussiness e ao lado de três sócios. “O ano foi melhor do que prevíamos”, resume Agilberto. “O tanto que demitimos em 2015, recontratamos em 2016. Esperamos aumento de 5% no lucro e 20% no faturamento comparado com o ano anterior”, diz.

Engenheiro civil por formação, ele trabalhava na Andrade Gutierrez quando surgiu o desejo de empreender. Como gostava de frequentar uma sanduicheria em São Paulo e não encontrava nada igual em BH, ele se inspirou. Chamou o irmão caçula, Pedro, formado em ciências contábeis, e montaram uma lojinha na rua Alagoas com sanduíches em pão francês. Ganharam um cliente especial, dono de um hotel a poucos metros dali. Quando esse empresário decidiu terceirizar a área de alimentação do seu negócio, lembrou-se da dupla. Surgia assim, por acaso, o que viria se tornar a especialidade de Pedro e Agilberto: administrar o setor alimentar em hotéis e, quando possível, abrir os restaurantes para clientes externos. Hoje, mantêm 12 estabelecimentos, sendo quatro apenas para hóspedes.

O primeiro aberto ao público foi o Santafé, há 22 anos. Sete anos depois, inauguraram a Olegário no Lourdes. Quando a capital passou por sua expansão hoteleira devido à Copa do Mundo, em 2013, choveram convites para levar as casas a unidades de diferentes bandeiras. Criaram então um modelo de franquia. “Somos franqueadores e franqueados. Em cada local, temos uma porcentagem de sociedade e um ou mais sócios”, explica Pedro.

A veia empresarial e a dedicação foram fundamentais. Assim como o domínio em gestão e logística. Para se ter ideia, a compra mensal que fazem para a rede tem 1.500 itens de cozinha: são 5 toneladas de muçarela por mês, assim como 500 litros de azeite e 4.500 garrafas de vinho. Os irmãos não escondem os segredos para o sucesso. “Prezamos pela qualidade gastronômica e de atendimento e sempre estamos cortando custos”, diz Pedro. Só não adianta pedir dicas para a bacalhoada e moqueca, essas são sigilosas.

fonte; revista encontro, por: Aline Gonçalves, 11/01/2017 15:09.

O TRABALHO DE UM SOMMELIER

entenda-o-trabalho-do-sommelier-de-vinhos.jpeg

Uma pessoa usando um terno preto, com nariz levantado e um jeito arrogante. Muita gente ao ouvir sobre o sommelier de vinhos acaba criando essa imagem mental sem saber que, na verdade, esse profissional tem mais a ver com alguém que pode lhe ajudar a escolher o melhor vinho do que com um personagem esnobe da cultura popular.

Para falar a verdade, tem até mais detalhes envolvidos na trabalho de sommelier do que você pode imaginar (como o bom conhecimento de história e geografia que ele precisa ter). Mas, para entender melhor a respeito disso tudo, que tal conferir esse post que fizemos especialmente sobre o assunto?

Confira!

Afinal, o que é um Sommelier de Vinhos?

Derivada da palavra francesa somier (bagageiro carregado por animais lá no século XIV), o saumalier, como era chamado na época, foi o sujeito que cuidava das mercadorias transportadas para que chegassem da melhor forma possível ao seu destino.

Só que, com o passar do tempo, a grafia da palavra, tornando-se sommelier, significando aquele profissional que cuidava de um tipo bem específico de carga: os vinhos e cervejas dos reis.

Um dos trabalhos do sommelier, que além de verificar a procedência e a qualidade dos produtos, cuida de sua estocagem e até mesmo negocia alguns rótulos mais específicos no mercado.

O dia a dia desse profissional

Para ficar ainda mais claro qual é o papel de um sommelier, nada melhor do que entender como é o dia a dia dele em um restaurante. Ao contrário do que alguns acham, essa pessoa não é do tipo que vai ficar fazendo esquisitices do mundo do vinho (que já falamos por aqui) durante o trabalho. Nada disso!

Logo de manhã, o papel do sommelier é verificar se as garrafas da adega estão posicionadas na maneira correta – e até arruma-las, caso seja necessário. Depois, eles costumam experimentar novos rótulos para saber quais podem ou não entrar na cartela da casa.

Além disso, é ele que, como foi dito, negocia novos rótulos no mercado, vendo quando um novo carregamento está para chegar no país e tentando fechar um pedido com bom preço para o dono da casa.

Já na hora do atendimento, um bom sommelier precisa saber também não apenas qual taça usar ao servir o vinho como a melhor maneira de colocar a bebida por ali — a forma correta de posicionar a garrafa para não respingar e até encontrar a melhor temperatura do vinho antes de servi-lo. Algo que começa com a análise da própria rolha da garrafa, que pode indicar pelo cheiro o estado do líquido.

Esse profissional sabe apreciar o sabor do vinho, mas não só isso. Ele precisa entender de física, química, gastronomia e até um pouco de economia.

Como se tornar um Sommelier

Quem deseja ter os dons do sommelier pode aprender as características da profissão com um pouco de estudo. E o que não falta são cursos de especialização que existem hoje aos montes pelo país.

Aqueles que puderem também devem aproveitar para viajar para outros países (como Chile, Itália e França) para experimentar os vinhos apresentados em feiras especiais, realizadas muitas vezes pelos próprios produtores.

Por fim, não podemos deixar de dizer que o sommelier precisa conhecer a gastronomia para entender quais são os alimentos combinam com uma determinada bebida.

Como você viu, o Sommelier de Vinhos é um sujeito muito mais importante (e menos caricato) do que a maioria das pessoas imagina. Por isso, sempre que puder, siga os conselhos e pegue algumas dicas com esses profissionais.

Gostou do nosso post? Então acompanhe nosso Blog semanalmente porque vem muito conteúdo por aí !

sommelier

 

FONTE: Blog WineMe

Etiqueta à Mesa Japonesa

A gente fala em etiqueta à mesa e normalmente pensa em como usar corretamente garfo, faca, copos de vinho e etc… Mas não é só a refeição ocidental que possui etiqueta. A oriental também! E como muita gente gosta de comida japonesa – eu, pelo menos, adoro – aqui vão algumas regrinhas de como se portar corretamente em um restaurante ou até mesmo em casa em um evento típico! 

2013.06.13-Etiqueta-Japonesa

Como usar a toalhinha única entregue antes da refeição?

Aquela toalhinha se chama oshibori. O correto é que ela seja entregue quente no inverno e fria no verão, enrolada dentro do oshiboridai, que é um pratinho de apoio, às vezes na forma de barco. A toalhinha deve ser aberta para passar apenas nas mãos e depois colocada, sem dobrar, sobre o apoio. Nada de limpar a boca ou o rosto com a toalhinha, hein!? É só a mão mesmo, ok? rs…

Como beber o sakê?

O copo de sakê chama-se otchoko. É pequeno, sem pé, e o de uso diário é de cerâmica. Tem também o quadrado de madeira cavilhada, que é tradicionalmente reservado para festas. Estes se chamam massu e hoje em dia é o que mais vemos nos restaurantes japoneses.

O sakê é sempre servido em temperatura ambiente e sem aquela pitadinha de sal que algumas pessoas costumam colocar na borda do massu.

Como usar o hashi e comer corretamente?

Os hashis são aqueles pauzinhos que a gente usa para comer os deliciosos sushis, sashimise outras delícias da culinária japonesa. Para utilizá-los corretamente:

1. Nunca raspe um hashi no outro depois de separá-los. Muita gente faz isso para tirar eventuais farpinhas do pauzinho, mas num restaurante típico você está indiretamente dizendo que os hashis não são de qualidade…

2. Para segurá-lo, fixe um deles entre os dedos, depois segure o outro e movimente só o de cima como uma pinça, como no desenho abaixo. Se achar muito difícil, saiba que comer com as mãos também é correto!

2013.06.13-Etiqueta-Japonesa

3. O correto também é pegar o hashi sempre do meio para cima e não na parte inferior. Para pegar o alimento, a posição correta dos pauzinhos é inclinada e não na vertical.

4. Não passeie com o hashi sobre os pratos enquanto decide o que vai escolher.

5. Não revire os alimentos que estão na vasilha para escolher do qual gosta.

6. Gesticular ou apontar para as pessoas com o hashi na mão também não é legal!

7. Não espete os alimentos com o hashi, use-o sempre como pinça.

8. Gente, nada de passar a língua no hashi ou de raspar um no outro para retirar alimentos grudados nele.

9. Coma os alimentos em um só bocado. Se forem muito grandes, você pode dividí-los com o hashi e não dando dentadas.

10. Nunca mergulhe o lado do arroz no molho shoyu, mas sim a parte do peixe.

11. Não coloque pedaços de gengibre sobre o sushi (Adoro aquele gengibre!). Ele deve ser comido entre uma peça e outra para limpar o paladar.

12. Não misture wasabi no molho shoyu. Ele deve ser colocado direto no sushi.

13. Não segure o hashi com os dentes quando quiser usar as duas mãos: repouse-os dentro da bandeja, apoiando os cabos sobre a borda.

14. Observe se os alimentos que vão ser levados à boca não estão pingando molho. Ninguém merece roupa manchada! 😉

Fonte: Home4two/ Por Fabiana Bellentani

COMUNICADO CARNAVAL

Informamos aos nossos clientes e amigos o horário de funcionamento para CARNAVAL nos restaurantes da Rede Gourmet.

PATIO BLOG

Funcionamento Normal: Todos os dias, 12:00 às 15:00 | de 18:00 até o último cliente.

Endereço: Rua Lavras 150 – São Pedro Bh/Mg
Telefone: (31)3643-5233
PAMPULHA BLOG

Funcionamento Normal: Todos os dias 12:00 às 15:00; a partir das 18:00 até o último cliente.

Endereço: Avenida Antônio Carlos, 7456, Pampulha – BH/MG

Telefone Delivery: (31)3586-7680JARDINS BLOG

Funcionamento Normal: Todos os dias 12:00 às 15:00; a partir das 18:00 até o último cliente.

Endereço: Av. Prudente de Morais, 520. Cidade Jardim.
Telefone: (31) 2531-5425
MATRIZ BLOG

Funcionamento Normal: Todos os dias, de 18:00 até o último cliente.

Endereço: Av. Olegário Maciel, 1748, Lourdes – BH/MG

Telefone: (31)3337-4446VILA DA SERRA- BLOG

Funcionamento Normal: Todos os dias, 12:00 às 15:00 | de 18:00 até o último cliente.

EndereçoAlameda da Serra, 405, Vila da Serra Nova Lima/MG
Telefone(31) 3566-4122
SANTAFE BLOG

Sábado: Funcionamento normal ( 12h  ás 16h00  e de 18 as 00h )

Domingo: Funcionamento normal  12 às 17h

Segunda, Terça e Quarta: Somente durante o Almoço (12h ás 16h00 e de 18 as 00h)

Endereço: Rua Pernambuco 800, Funcionários – BH/MG
Telefone Delivery: (31)3261-6446
UDON BLOG

Funcionamento Normal: Todos os dias, a partir de 18:00 até o último cliente.

Sábados, domingos e feriados de 12:00 ás 16:00 e de 18:00 ate ultimo cliente.

Endereço: Rua Gonçalves Dias, 1965, Lourdes – BH/MG
Telefone Delivery: (31) 3243-8005
Desejamos a todos um excelente Carnaval.

Refresque-se com os vinhos do verão

POSTAGEM BLOG TESTE 5

Quer trocar a cerveja por uma bebida refinada e saborosa no verão? Opte pelo vinho. Nesta época do ano quando a temperatura está mais alta e consumimos pratos mais leves, é hora de degustarmos roses, brancos e espumantes sem se esquecer dos tintos mais leves. Continuar lendo Refresque-se com os vinhos do verão

COMUNICADO

Informamos aos nossos clientes e amigos algumas mudanças no horário de funcionamento para o FIM DE ANO/2015 nos restaurantes da Rede Gourmet.

Dia 24 de Dezembro| Fechado

Dia 25 de Dezembro| Fechado

Dia 26 de Dezembro| Funcionamento normal

 

Dia 31 de Dezembro| Fechado

Dia 01 de Janeiro| Fechado

Dia 02 de Janeiro| Funcionamento normal

 

PATIO BLOG

Funcionamento: Todos os dias, 12:00 às 15:00 | de 18:00 até o último cliente.

Endereço: Rua Lavras 150 – São Pedro Bh/Mg

Telefone: (31)3643-5233
PAMPULHA BLOG

Funcionamento: Todos os dias 12:00 às 15:00; a partir das 18:00 até o último cliente.

Endereço: Avenida Antônio Carlos, 7456, Pampulha – BH/MG

Telefone : (31)3586-7680

JARDINS BLOG

Funcionamento: Todos os dias 12:00 às 15:00; a partir das 18:00 até o último cliente.

Endereço: Av. Prudente de Morais, 520. Cidade Jardim.

Telefone: (31) 2531-5425

MATRIZ BLOG

Funcionamento: Todos os dias, de 18:00 até o último cliente.

Endereço: Av. Olegário Maciel, 1748, Lourdes – BH/MG

Telefone: (31)3337-4446

VILA DA SERRA- BLOG

Funcionamento: Todos os dias, 12:00 às 15:00 | de 18:00 até o último cliente.

Endereço: Alameda da Serra, 405, Vila da Serra Nova Lima/MG

Telefone: (31) 3566-4122

SANTAFE BLOG

Funcionamento: Segunda a Sábado de 12h  ás 16h00  e de 18 as 00h|  Domingo e feriados de 12 às 17h

Endereço: Rua Pernambuco 800, Funcionários – BH/MG

Telefone : (31)3261-6446

UDON BLOG

Funcionamento: Todos os dias, a partir de 18:00 até o último cliente.Sábados, domingos e feriados de 12:00 ás 16:00 e de 18:00 ate ultimo cliente.

Endereço: Rua Gonçalves Dias, 1965, Lourdes – BH/MG

Telefone : (31) 3243-8005
Desejamos a todos um feliz natal e um próspero ano novo!

 

Anchovas grelhadas com purê de batata, raiz forte e emulsão de shoyu

 

Anchovas grelhadas com pure de batata e raiz forte e emulsao de shoyu

Anchovas São encontradas em todos os oceanos, mas com maior concentração em águas temperadas, e em concentração menor em águas frias ou mares muito quentes. Continuar lendo Anchovas grelhadas com purê de batata, raiz forte e emulsão de shoyu

ROBATA DE SALMÃO AO MOLHO LIGHT

 

robata-de-salmão-com-molho-light_Creditos_PetronioAmaral

 

Para quem ama a comida japonesa essa receita é especial e uma ótima pedida. Alguns historiadores dizem que a Robata surgiu com pescadores japoneses, que à beira da praia, ao redor de uma fogueira, cozinhavam o que haviam pescado,com os peixes ainda salgados pela água do mar e úmidos,eles  ofereciam, uns aos outros, com os remos do barco . Continuar lendo ROBATA DE SALMÃO AO MOLHO LIGHT

PETIT GATEAU DE CHOCOLATE COM SORVETE

Petit Gateau é a sobremesa queridinha do todos que já a experimentaram, muito polemica em relação a sua origem, uns dizem que nasceu na França e já outros que foi na America. Continuar lendo PETIT GATEAU DE CHOCOLATE COM SORVETE